Powered by INNOVATION INSIDER

    Pesquisa
    • Aa+
    • Aa-
    • Aa+
    • Aa-
    Transformação Digital
    https://estrategiasquetransformam.com.br/wp-content/uploads/2021/05/A-transformação-de-pessoas-1920x550.jpg

    Transformações dos negócios

    As transformações dos negócios sempre foi motivada por algum elemento externo, e alicerçada pelo comportamento humano e suas mudanças durante eras. Por exemplo, no século XVIII houve uma grande transformação no setor econômico e social. Devido ao avanço tecnológico e a ocupação das máquinas no trabalho manual, a produção em larga escala se tornou uma realidade e a otimização das funções virou uma consequência.

    Ainda assim, de tempos em tempos, a sociedade se reinventa e um novo processo de transição começa. Por isso, se tornou cada vez mais latente a demanda pela transformação das pessoas e, acima de tudo, por sua adaptação junto à cultura organizacional.

    O Comportamento de consumo é alterado pela velocidade que novas economias afetam a comunicação e necessidades nos relacionamentos, esta camada sempre “evolui” primeiro, e o backstage dos meios de produção precisa acompanhar estas mudanças com certa velocidade, para que tornar as organizações adaptativas. 

    Entenda agora o papel da transformação digital em todo este processo e como os indivíduos são parte essencial. Acompanhe a leitura:

    A sociedade em constante transformação

    Recentemente, a sociedade já vinha sofrendo os impactos da transformação digital, bem como a interferência das inovações tecnológicas em meio às organizações.

    No entanto, devido à pandemia, todo o processo que estava previsto para acontecer daqui a uns cinco ou dez anos foi adiantado. Levando as pessoas não apenas a produzirem em casa, como também a se adaptarem a todas as plataformas e ferramentas criadas para auxiliá-las.

    Com isso, apesar de alguns funcionários mostrarem certa dificuldade em lidar de forma inesperada com tanta reinvenção, a realidade é que este é apenas o começo do caminho. Duvida?

    De acordo com o Mapa do Trabalho Industrial, o Brasil precisará qualificar nada menos do que dez milhões e meio de trabalhadores do setor industrial até 2023, o que já forçou a necessidade de transformação do rh.

    Além disso, sendo a necessidade ainda maior para os profissionais que atuam como condutores de processos robotizados, pesquisadores de tecnologia e engenharia e áreas relacionadas.

    Isso porque, segundo um estudo do World Economic Forum, os robôs deverão ocupar 30% das horas trabalhadas até 2030 – e isso afetará dezesseis milhões de funcionários, que precisarão se adaptar, se reinventar e, acima de tudo, se atualizar para competir diretamente com as máquinas.

    O fato é que algumas profissões deixarão de existir. Especialmente porque a digitalização chegará para ocupar menos horas de trabalho e menos custos com a produção e produtividade. Logo, para continuar no mercado de trabalho, será preciso fazer a diferença.

    Os benefícios da transformação digital

    Apesar da pauta necessária acerca da transformação das pessoas, é preciso, antes de tudo, compreender a transformação e os benefícios que esta prática pode trazer. Isso porque tal processo pode impactar na:

    – Organização: as empresas concentram seus ativos documentais e processos gerenciais em tecnologias como cloud computing e removem os impedimentos físicos ou estruturais do trabalho, graças ao acesso remoto.

    – Agilidade: uma gama de ferramentas, frameworks e novas tecnologias possibilita que tudo esteja integrado, evitando que tarefas repetitivas sejam feitas e dando uma maior janela de tempo para produzir outra espécie de trabalho. Mas não se engane, tornar o processo de tomada de decisão ágil é só uma forma de renovar processos, transformação digital não é isso. 

    – Economia: Pode parecer que a transformação de uma empresa no mundo digital seja cara, mas a verdade é que seu custo-benefício é muito valioso. Afinal, a otimização de certos trabalhos devido à tecnologia reduz o custo de setores e aumenta a produtividade da equipe.

    Diante deste cenário, é possível considerar também que as inovações ainda podem gerar um melhor relacionamento com o cliente dentro de seus processos organizacionais, garantindo que o consumidor seja atendido em qualquer horário, com agilidade e de forma humanizada.

    Ademais, muitas companhias optam por atuar seu atendimento de forma descentralizada diretamente nas redes sociais para oferta de seu portfólio de produtos e serviços, o que gera um vínculo afetivo mais direto com o público e coloca o cliente no foco de tudo. Afinal, estamos caminhando cada vez mais para encontrar o melhor modelo de negócio e a tecnologia se faz presente para auxiliar todo este percurso.

    Por isso, além de adotar as inovações mais rotineiras, é fundamental que as corporações também implementem outras ferramentas indispensáveis para o seu fluxo de trabalho e cultura organizacional. É o caso do gerenciamento de Big Data, da utilização do machine learning, da adição do cloud computer e muito mais. Logo, existe um futuro grandioso pela frente.

    O impacto destas inovações para os profissionais

    Por mais que haja uma especulação em torno do possível desaparecimento de inúmeras profissões e até mesmo a substituição de mão de obra humana pela mecanizada, a verdade é que uma empresa não pode ser substituída por robôs. Ela é feita de pessoas.

    Sendo assim, é preciso ter cuidado para não errar no momento da transformação digital, dando mais importância ao alvo errado. Afinal, não adianta construir uma empresa excepcionalmente voltada para o mundo globalizado sem comunicação e engajamento o suficiente com os funcionários que irão usar a tecnologia todos os dias.

    Lembre-se: robôs e sistemas precisam ser programados e manipulados, pessoas não. Portanto, importe-se com os que estarão na linha de frente desse novo modelo e faça o possível para auxiliá-los na qualificação profissional para o manuseio destas ferramentas.

    Incentive o Upskilling e se concentre em fornecer treinamento para os indivíduos que precisam aprender novas habilidades para melhorarem e aprimorarem seu desempenho. Especialmente porque são essas pessoas que irão aumentar o valor da organização e impulsionar os outros membros da equipe a fazerem o mesmo.

    O fato é que inovar é preciso e aprender a melhor maneira de lidar com o momento atual é imprescindível para continuar no mercado, além de ser um fator que irá mostrar que você sabe se reinventar.

    O desafio da requalificação rumo à tecnologia

    A maior parte das empresas e executivos acredita que a responsabilidade de requalificar seus funcionários é das próprias companhias e não das instituições de ensino e do governo.

    E as grandes corporações já estão cientes dessa nova realidade. Segundo uma pesquisa feita pelo Mckinsey Global Institute, 62% das organizações de grande porte acreditam que, até 2023, terão que requalificar ou substituir mais de um quarto dos funcionários.

    Por isso, pensando na primeira opção, algumas estratégias podem ser adotas pelos gestores. É o caso de:

    – Oferecer treinamentos das novas ferramentas aos funcionários antes de começar a usá-las;

    – Personalizar o treino, de acordo com a familiaridade do funcionário com a ferramenta, a didática de aprendizagem e o cargo que irá ocupar;

    – Apresentar cases de sucesso e definir metas em médio e longo prazo para o empenho dos funcionários.

    No mais, lembre-se que, conforme visto ao longo deste artigo, o primordial é que você aproveite as habilidades subjetivas, humanas e inerentes que os seres humanos possuem. Portanto, não abra mão dessas skills pelas máquinas, mas sim, uma alternativa para alcançar o melhor resultado.

    Levando isso em consideração, está na hora de transformar pessoas e a equipe do grupo Estratégias conta com especialistas que estão preparados para retirar os melhores insights do mercado de trabalho.

    Logo, não perca tempo. Acesse o nosso site para saber mais e assine também a nossa newsletter para se manter informado sobre as novidades. Estamos te esperando!

     

    Publicado em:

    Estrategias que Transformam

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Série

    _Além da transformação

    Assine e receba a série que reúne heads compartilhando conteúdo exclusivo para você enfrentar os desafios da transformação.