Powered by INNOVATION INSIDER

    Pesquisa
    • Aa+
    • Aa-
    • Aa+
    • Aa-
    Transformação Digital
    https://estrategiasquetransformam.com.br/wp-content/uploads/2021/04/O-Gestor-do-agora-é-o-gestor-do-futuro-1920x550.jpg

    Resiliência e adaptabilidade cada vez mais presente na gestão

    Em um mundo cada vez mais impactado pela transformação digital, além do perfil “gestor ágil”, existem características humanas que têm se tornado cada vez mais uma exigência, para o gestor do agora e do futuro. No relatório sobre o perfil do profissional do futuro realizado pelo Fórum Econômico Mundial, destacou-se algumas características essencialmente humanas, como empatia, capacidade de resolução de problemas e inteligência emocional. Enquanto isso, os processos de gestão empresarial devem se estruturar de forma inovadora, modernizada e ágil, e devem seguir todos os frameworks atuais da gestão da transformação. Isso significa otimizar tempo e reorganizar a rotina de trabalho de sua equipe de forma mais produtiva, eficiente e lucrativa.

    Neste artigo vamos abordar a aplicabilidade e papel da tecnologia nos processos de gestão empresarial e você vai entender por que o gestor do futuro é o gestor do agora.

    Neste artigo você aprenderá sobre:

    Perfil do gestor do futuro.

    Como a tecnologia contribui para tomada de decisão.

    Competências do gestor do futuro.

    O futuro e os processos de gestão

    O Impacto tecnológico constante na gestão.

    O gestor do futuro

    O gestor do futuro é antes de tudo aquele que domina a gestão da transformação,  um profissional, que deve-se moldar conforme a necessidade do mercado, cliente e sociedade. A forma de se relacionar com a empresa deve ser baseada em “parceria”, o gestor deve entender que é um ativo estratégico empresarial, e deve agir como tal, aplicando estratégias para tomar decisões eficientes e motivar a sua equipe para um trabalho de maior produtividade e rentabilidade, e ir muito além de desempenhar um papel de um gerente, ele deve ser um líder inspirador. Entre algumas de suas características, podemos determinar:

    – Liderança empática;

    – Possui um olhar estratégico e visionário sobre a empresa e todo o ciclo empresarial;

    – Utiliza das melhores ferramentas e frameworks, para otimização de tempo e das atividades na rotina de trabalho;

    – Entender o papel dos perfis das pessoas de seu time, como o scrum master, product owner, gerente de projetos, equipe de desenvolvimento, entre outros, além de entender os entregáveis dentro de cada atribuição. Além disso, deve nutrir o recursos humanos com dados coerentes sobre como melhorar a contração de novos colaboradores e melhorar a experiência de seu time atual.

    – Motiva sua equipe com processos de capacitação e treinamento, reconhecendo o desempenho e a competência de seus profissionais;

    – Sabe ouvir e receber feedbacks sobre a sua atuação, desenvolvendo uma comunicação mais assertiva com a sua equipe.

    – Apoiar todo tipo de iniciativas de inclusão e acessibilidade.

    O gestor do futuro compreende o seu compromisso e a sua responsabilidade com a empresa e seus valores e o equilibra com as necessidades da estratégia do fluxo de caixa. Para que os resultados sejam satisfatórios, ele sabe que precisa ir além dos métodos tradicionais no mundo dos negócios e controlar seu P & L com investimento em inovação, modernidade e ações visionárias, pensando além do processo linear das empresas tradicionais.

    A seguir, vamos abordar sobre a tecnologia e a praticidade dos sistemas integrados para a gestão de uma empresa que deseja se posicionar no mercado globalizado.

    Como a tecnologia contribui para os processos de gestão mais eficientes e assertivos

    Sem dúvida, o gestor do futuro sabe a importância de uma tecnologia avançada e inteligente para execução dos processos da empresa. Além de organizar e tornar mais rápida a execução de tarefas dos seus colaboradores, automatizar os processos de gestão, garante ações mais eficientes com a redução de falhas humanas e minimizando prejuízos nos setores de produção.

    Ao implantar processos tecnológicos na sua empresa, o gestor compreende a necessidade de adequar a sua equipe à nova estrutura e necessidade de trabalho. Em vista disso, ele promove a capacitação e o treinamento dos seus profissionais para uma produção de qualidade e maior eficiência.

    As integrações e otimizações, precisam estar alicerçadas em KPIS claros e pré-definidos, deve produzir uma cultura de dados integrada para que todos possam ser munidos de informações suficientes e pertinentes às suas atribuições, com o intuito de acelerar e otimizar a tomada de decisão individual de membros da equipe, estimulando o pertencimento (ownership).

    Assim, com a automatização dos sistemas da empresa, seus colaboradores conseguem realizar uma gestão de clientes e processos de forma mais completa e acompanhar todos os processos de vendas, estoque e de produção.

    Em contrapartida, o gestor tem maior autonomia para realizar a gestão de equipe de forma remota e em tempo real, conferindo as atividades que já foram realizadas e aquelas que ainda estão pendentes.

    Competências do gestor do futuro

    O gestor do futuro possui visão estratégica e sabe lidar com pessoas. E, através dessas características, ele consegue ser um bom gerenciador de conflitos e encontrar as soluções mais assertivas sem comprometer o desempenho de sua equipe.

    Assim, o gestor do futuro tem como missão inspirar pessoas e é um exímio transformador de ideias, gerando grandes oportunidades de negócio para a sua empresa.

    Assim, as principais competências do gestor do futuro são:

    – Visão estratégica: o gestor do futuro é um profissional que pensa em médio e longo prazo e sabe desenvolver estratégias eficientes para o crescimento do seu negócio.

    – Gestão de pessoas: para os processos de gestão, lidar com pessoas diferentes é um desafio enfrentado. Assim, desenvolver a empatia para ter um olhar mais assertivo com a sua equipe é essencial para uma Gestão efetiva e com resultados positivos.

    – Negociação de conflitos: uma das principais competências do gestor do futuro é a habilidade na negociação de conflitos. O líder que cumpre o seu papel da forma apropriada sabe intermediar as situações de conflitos e está preparado para essas ocorrências, pois sabe que é algo comum de acontecer entre as relações humanas.

    – Resiliência: Cada dia que nos consolidamos no mundo VUCA (Volatility, Uncertainty, Complexity, Ambiguity), as empresas terão de ser cada vez mais resilientes e adaptativas, e os profissionais da liderança precisarão e deverão refletir esta mesma capacidade. 

    Em sua atuação como gestor, o líder é aquele que observa as capacidades de seus colaboradores e realiza o manejo de seus conhecimentos para elevar o nível de desempenho da empresa no segmento em que atende.

    Futuro e tecnologia nos processos de gestão

    Com as inúmeras transformações nos modelos de negócios, o uso de uma tecnologia digital permite aos empreendimentos um melhor posicionamento na sua área de atuação e maior proximidade com o seu perfil de cliente. Mas, saber executar com estratégia e criatividade, determinará cada vez o sucesso dos projetos internos e externos da organização.

    Nesse cenário, são novas as formas de praticar a gestão de pessoas, processos e operações da empresa. Nessa perspectiva, podemos dizer que o gestor do futuro é o gestor do agora.

    E ele desempenha uma função muito importante nesse processo de adaptação da empresa com novas tecnologias e dos colaboradores para o desenvolvimento de novas habilidades dentro dos seus setores de produção.

    Com a aplicação de sistemas mais completos para o seu negócio, é possível ter acesso a dados e informações detalhados sobre o seu negócio e seus clientes e acompanhar todas as negociações realizadas pela sua equipe de profissionais.

    É bastante conhecido os processos de gestão ágil atualmente. Pensar em uma gestão transformadora é ter em vista que faz parte a adesão de métodos ágeis. Mas, o gestor precisa ter em mente que a transformação é muito mais do que otimizar processos e tomar decisões com maior rapidez. Ele deve possuir um norte de repensar todo o modelo de negócio, transformando-o muitas vezes por completo.

    As soluções digitais oferecidas pela tecnologia, permite ao gestor do futuro uma atuação mais intensificada na empresa.

    Como a tecnologia impacta na gestão de negócios?

    Para se manter no mercado competitivo muitos empreendimentos precisaram dar um salto tecnológico muito grande, adequando os seus setores a novas formas de produtividade, e com certeza transformando o core-business da empresa.

    A tecnologia consolidada cada vez mais como extensão do homem, e a mudança acelerada nos padrões de consumo, traz a necessidade de novos métodos de atendimento para os processos, que viram a necessidade de migrar de um atendimento presencial para um atendimento multicanal.

    As transformações no modelo de negócios empresariais trouxeram resultados significativos para as empresas que aderiram a um processo de mudança contínua. São empreendimentos que se destacam pela praticidade e agilidade de seu atendimento, comprometimento com prazos e com a qualidade dos seus produtos.

    Agora que você já sabe como um Gestor do futuro atua e quais as ferramentas ele precisa para ser bem-sucedido, acesse o nosso site e conheça os nossos produtos.

    Assine nossa newsletter e receba mais conteúdos relevantes para o seu negócio.

     

    Publicado em:

    Estrategias que Transformam

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Série

    _Além da transformação

    Assine e receba a série que reúne heads compartilhando conteúdo exclusivo para você enfrentar os desafios da transformação.