Pesquisa
  • Aa+
  • Aa-
  • Aa+
  • Aa-
Transformação Digital
https://estrategiasquetransformam.com.br/wp-content/uploads/2020/10/Redução-de-custos-para-retomada-1920x550.jpg

Sair da crise mais forte

Com a crise da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), diversas empresas fecharam suas portas para o mercado. Contudo, as que continuam exercendo suas atividades, buscam alternativas cada vez mais sustentáveis para driblar as dificuldades econômicas enfrentadas pela crise. Nesse ponto, percebemos a importância de reduzir custos internos para continuar gerando competitividade no mercado.

Quer saber como usar os seus recursos de maneira inteligente e fazer com que sua empresa saia desse período econômico mais forte e inovadora? Então, leia o post até o final e saiba tudo sobre o assunto.

As consequências da crise no mercado

De acordo com uma matéria publicada pelo Sebrae, em parceria com a CNN, estima-se que pelo menos 600 mil micro e pequenos negócios fecharam suas portas, e mais de 9 milhões de colaboradores foram desligados de suas empresas em decorrência dos efeitos socioeconômicos causados pela Covid-19.

Ainda observando os dados levantados por essa pesquisa, conclui-se que cerca de 30% dos empresários precisaram da ajuda de instituições financeiras para concessões de crédito. Contudo, aproximadamente 25% desses negócios ainda aguardavam respostas dos bancos para ratificar a solicitação.

Em geral, negócios tendem a recorrer ao crédito quando crises acontecem, porém sabemos que os juros e taxas cobradas nesses valores podem acabar dificultando o retorno desse dinheiro aos bancos, tornando as empresas ainda mais endividadas.

Para mitigar os efeitos econômicos do negócio, é preciso obter ações mais inteligentes, baseadas na própria disponibilidade financeira do caixa para criar estratégias mais econômicas e sustentáveis.

O papel da inovação na crise econômica

De acordo com o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, o investimento em inovação torna-se um fator decisivo para enfrentar instabilidades econômicas. Segundo ele, as estratégias que serão aplicadas pelos empreendedores, a partir de agora, devem ter como base os investimentos em inovação, ciência e tecnologia.

Como bem sabemos, empresas que investem continuamente em inovação não estão somente em vantagem em relação aos concorrentes próximos, mas também preparadas para enfrentar desafios internos e externos.

A cultura inovadora disseminada entre os setores internos de uma empresa desperta o raciocínio lógico e uma sensibilidade para apontar futuros problemas econômicos e as devidas soluções para mitigar esses efeitos em âmbito interno.

Para entendermos a sua importância, confira duas vantagens importantes do uso da inovação nos negócios:

1. Maior organização

Já que a inovação e tecnologia trabalham juntas, podemos perceber que essa estratégia afeta diretamente as atividades de uma empresa. Em consequência, podemos observar um uso cada vez mais presente de tecnologias móveis e softwares de gestão para conduzir processos de maneira assertiva e eficiente.

2. Mensuração de resultados

Uma das consequências de empresas que investem em inovação é justamente uma análise mais consciente de resultados, seja na quantidade de vendas, na saúde financeira do seu caixa ou até mesmo no relacionamento com seus clientes.

Processos podem ser reformulados para atingir os resultados almejados (de acordo com o cenário econômico atual), de forma que a empresa se sustente sem tirar dinheiro do capital de giro.

Tecnologia x Inovação: fatores importantes na administração de recursos

Com o crescente desenvolvimento tecnológico no mercado, não podemos deixar de mencionar que a inovação caminha de forma paralela à tecnologia. O resultado da junção desses dois fatores é um preparo significativo e previamente calculado para driblar quaisquer dificuldades enfrentadas por um negócio no mercado.

Como o foco é a sustentabilidade em tempos de crise, é possível perceber que a tecnologia faz com que o empreendedor se oriente a utilizar seus recursos internos de maneira consciente e prática. Atualmente, o mercado tecnológico possui ferramentas cruciais para ajudar empresas a gerar sustentabilidade em períodos econômicos instáveis. Confira alguns abaixo:

  • Inteligência Artificial: a IA está auxiliando diversas organizações a resolver problemas que seriam muito mais complicados. Essa ferramenta tira a carga de atividades com seus processos automatizados, orienta o gestor em ótimas práticas de gestão financeira e também auxilia na segurança cibernética.
  • Chatbot: esse tipo de tecnologia permite que empresas consigam se comunicar com clientes e até mesmo resolver soluções com os mesmos sem a necessidade de um operador. Chatbots são softwares dotados de informações acerca da organização que realizam conversas com clientes de forma automatizada. De fato, é uma tecnologia que promove a otimização das atividades e permite a redução de custos por parte do empreendedor.
  • Cloud Computing: popularmente conhecida como computação em nuvem, essa ferramenta permite que informações empresariais sejam acessadas de qualquer lugar do mundo. Basta apenas possuir um aparelho com conexão de internet. Um dos maiores benefícios da cloud computing é justamente a agilidade para obter informações organizacionais e resolver problemas de forma rápida e prática. Além disso, seu serviço é menos custoso, se comparado aos modelos antigos, que necessitam de memórias, maquinário e servidores locais para acessar informações.

Vantagens do investimento em tecnologia em tempos de crise

1. Análise criteriosa de dados financeiros

Antes de tudo, avaliar todas as entradas e saídas de um negócio de forma criteriosa nem sempre é uma tarefa fácil, e muitos empresários não costumam realizar essa prática. É comum encontrar empresas apenas sendo guiadas pelo saldo bancário, o que acaba dificultando a condução correta dos recursos de um negócio, sobretudo em tempos de crise.

Com o apoio da tecnologia, o empreendedor conseguirá administrar os seus rendimentos financeiros e aplicá-los em áreas mais importantes.

2. Estar sempre preparado para novas mudanças

Empresas que investem em tecnologia são mais propensas para lidar com quaisquer situações adversas, sobretudo pelos inúmeros processos automatizados que a tecnologia oferece nos setores internos.

Assim, quando a economia se encontra com dificuldades e segue na contramão do mercado, as empresas conseguem passar pelo processo com o apoio de indicadores de desempenho, métricas pré-estabelecidas e reciclagem de recursos.

3. Redução de custos

A consequência do uso da tecnologia nos processos internos é justamente a redução de custos, seja com maquinário, capital humano ou diversas outras questões relacionadas às atividades rotineiras de uma organização.

Com a automatização de processos, o empreendedor ainda leva a vantagem de focar em situações mais complexas e que exijam mais atenção para resolvê-las.

Conforme vimos, é muito importante tornar os recursos internos cada vez mais sustentáveis, de forma que o empreendedor — com o apoio da tecnologia e seu pensamento inovador — seja capaz de driblar a crise econômica e se aventurar de forma segura durante períodos instáveis.

Agora que você já sabe a importância e a responsabilidade da inovação no papel empresarial, que tal ampliar o seu conhecimento sobre o assunto? Acesse agora mesmo o nosso blog e confira outras dicas exclusivas para o desenvolvimento do seu negócio em tempos de crise.

Publicado em:

Estrategias que Transformam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que é TEAL

O que é TEAL

Vivemos uma era digital em que, a qualquer instante, o universo que conhecemos pode se transformar completamen...

Transformação Digital por Tripulação ET
16.10.2020 às 16:57:36

Série

_Além da transformação

Assine e receba a série que reúne heads compartilhando conteúdo exclusivo para você enfrentar os desafios que virão.